Revista Encontro X (V.5 N.03-2021) ISSN 2596-0024.
Reunión X Magazine (V.5 No. 03-2021) ISSN 2596-0024.

A FERRAMENTA DA QUALIDADE CICLO PDCA COMO AUXÍLIO NO PLANEJAMENTO DE ENSINO DO CURSO TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA

THE PDCA CYCLE QUALITY TOOL AS AID IN TEACHING PLANNING FOR THE TECHNOLOGIST COURSE IN RADIOLOGY

DIAS, Amanda Guedes Gimenes; SILVA, Sidnei de Souza

RESUMO
O planejamento de ensino de uma disciplina é de responsabilidade do docente, e a sua realização correta resulta em um trabalho de qualidade e eficiência, porém elaborá-lo na prática pode gerar diversas dúvidas e ser dificultoso ao docente do curso de tecnólogo em radiologia, pois o segmento de atuação do profissional graduado em radiologia geralmente é no diagnóstico por imagem, sem nenhuma experiência com a área acadêmica. Quando o profissional busca aperfeiçoamento, como por exemplo, uma pós-graduação em docência de nível superior, ele adquire conhecimentos das teorias e técnicas que o auxiliarão, e um tema que geralmente não está na grade curricular de disciplinas da pós-graduação na área da docência, são as ferramentas da qualidade que podem auxiliar no planejamento de ensino na prática. O ciclo PDCA e o diagrama de ISHIKAWA fazem parte das
ferramentas da qualidade, e são fundamentais para a gestão das empresas como: planejamento e definição de metas, atividades para se alcançar um objetivo e praticar a melhoria contínua de processos, produtos e serviços. O objetivo deste artigo é apresentar as ferramentas da qualidade ciclo
PDCA e o diagrama de ISHIKAWA e como elas podem auxiliar no planejamento de ensino, tanto para docentes iniciantes na área, quanto para os veteranos do curso de tecnólogo em radiologia. A elaboração deste artigo foi possível graças à revisão bibliográfica de livros, artigos científicos, artigos
periódicos, e sites pertinentes à área de planejamento de ensino e ferramentas da qualidade.
PALAVRAS-CHAVE: Ciclo PDCA. Docência. Planejamento. Ensino.

OS PRINCIPAIS ACIDENTES NUCLEARES DESDE A DÉCADA DE 1950

PAGANO, Amanda Larocca 

RESUMO
O presente estudo tem como objetivo a realização de um levantamento bibliográfico, nacional e internacional, em artigos científicos, revistas, teses, dissertações, dentre outras fontes de pesquisa, para abordar o tema sobre os acidentes nucleares mais conhecidos no mundo. Como se sabe, a  radiação ionizante está presente em nosso dia-a-dia, são utilizadas na área médica para diagnóstico e tratamento (como exemplo, a radioterapia), mas também é usada na indústria. Muitos países, inclusive o Brasil, possui usinas nucleares, que fornecem energia elétrica para população em nosso planeta. A energia elétrica fornecida por usinas nucleares representa cerca de 16%. Embora, a radiação seja benéfica, precisa que os trabalhadores da área sejam pessoas capacitadas para não ocorrer acidentes. Apesar de todos os esforços e tecnologias empregadas na segurança das usinas nucleares, diversos acidentes ocorreram ao longo dos anos. Neste artigo, separamos dez usinas nucleares que foram alvo de acidentes catastróficos e relatamos um pouco sobre cada um.
PALAVRAS-CHAVES: Radiação. Energia. Desastre. Acidente Nuclear

CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM EM TEMPOS DE PANDEMIA POR COVID-19: um estudo de caso na visão dos discentes em uma IES.

RIBEIRO, Daniela Santos; SANTOS, Silvia Karla Dias dos; MELO, Maria Célia Conceição de

RESUMO
Neste artigo, analisamos como os estudantes de uma instituição de ensino superior de alguns cursos da área da saúde, compreenderam o processo da construção da aprendizagem em um cenário de ensino remoto emergencial em tempos de pandemia por Covid-19. Estabelecemos a hipótese de que é eficaz o desenvolvimento do conhecimento através do engajamento no ambiente virtual de aprendizagem. Consideramos que os discentes têm compreensão que o meio de consolidar seu aprendizado através do ensino remoto emergencial, em tempos de pandemia por Covid-19, é possível e está sendo desenvolvido por intermédio da participação e engajamento nas estratégias adotadas pelos docentes para atender a continuidade do ensino.
PALAVRAS-CHAVE: Pandemia por Covid-19; educação à distância; educação remota; Tecnologia; ambiente virtual de aprendizagem.

EXAMES DE IMAGEM COM RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA E RISCOS AO DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO E FETAL

COSTA, Letícia Gomes; FORNY, Isabela Iguatemy; GUMIERI, Dhiego Donizete Ferreira

RESUMO
Durante a gestação, a mulher pode ser submetida a diversos exames de imagem, os quais podem afetar o desenvolvimento fetal e embrionário. A ocorrência desses efeitos depende da dose de radiação absorvida e da idade gestacional. O presente trabalho teve como objetivo conhecer os riscos que os exames de imagem com radiação eletromagnética podem causar ao desenvolvimento do concepto. O procedimento utilizado foi a revisão bibliográfica de 9 artigos disponíveis nas bases de dados SciELO, MEDLINE, Lilacs e Google Acadêmico, que abordaram os riscos ao desenvolvimento embrionário e fetal. Os riscos à gravidez são maiores nas 2 primeiras semanas de gestação. Considera-se risco de morte fetal neste período quando a exposição for superior a 100 mGy e há risco de interrupção da gravidez se for superior a 250 mGy. Todavia, não existem exames radiológicos que exponham o feto a este nível de radiação, mas, numa combinação de exames, isto pode ocorrer. Neste caso, é preconizado o uso de ultrassonografia e ressonância magnética. Portanto, a exposição à radiação ionizante na maioria dos exames é segura e não oferece risco significativo ao feto, e para isto, é importante que o médico radiologista conheça os risco e oriente de maneira adequada a gestante.
PALAVRAS-CHAVE: Radiologia, gravidez, fatores de risco.

MEDIDAS DE PREVENÇÃO PARA A NEFROPATIA INDUZIDA POR CONTRASTE
                                                                                                                                                                                        POMMERENING,
Lucas; LOPES, Aimar Aparecida

RESUMO
A nefropatia induzida por contraste (NIC) é caracterizada como piora da função renal decorrente da administração de contraste intravenoso, excluídas outras causas. Frequentemente, se manifesta como insuficiência renal aguda, sem redução do débito urinário. As medidas de prevenção baseiam-se na
reparação das causas que levam à evolução da nefropatia por contraste. Por meio de uma revisão da literatura, este trabalho tem como objetivo descrever a patogênese da nefropatia induzida por contraste, destacando as orientações essenciais para o seu manuseio para prevenir sua ocorrência.
PALAVRAS-CHAVE: Nefropatia; Contraste; Prevenção.

RADIOLOGIA À DISTÂNCIA: EDUCAÇÃO CONTINUADA EM TEMPOS DE PANDEMIA
                                                                                                                                                                                                                            JÚNIOR,
José Carlos de Jesus

RESUMO
A pandemia trouxe a oportunidade de alinhar a criatividade à tecnologia, permitindo que o processo de educação continuada fosse possível. Dentro desse cenário, a área da radiologia registrou um avanço e um paradigma: a acessibilidade justa e a qualidade do conteúdo. Assim como, estabeleceu uma diferenciação entre os docentes e uma evolução didática entre os discentes. O isolamento social privou o convívio no ambiente educacional, contudo, proporcionou tempo de qualidade para o desenvolvimento do conhecimento. Apesar das limitações, a necessidade de renovar o segmento
tornou-se diferencial entre os profissionais da área.
PALAVRAS-CHAVE: Pandemia, radiologia, educação continuada, educação à distância, isolamento social, evolução didática.