Revista Encontro X (V.5 N.02-2021) ISSN 2596-0024.

Reunión X Magazine (V.5 No. 02-2021) ISSN 2596-0024.

A IMPORTÂNCIA DA MAMOGRAFIA PARA O DIAGNÓSTICO PRECOCE DA DOENÇA ARTERIAL CORONARIANA.

ZANINI, Bruna Silva LOPES, Aimar Aparecida

 

RESUMO

O presente artigo, visa correlacionar o uso da mamografia, que é popularmente conhecida como método de rastreio para o câncer de mama, com a doença arterial coronariana, com base nas calcificações arteriais mamárias, um achado casual radiológico. As doenças cardiovasculares representam 45% da mortalidade feminina, o que implica atenção, com uso constante de tecnologias e pesquisas científicas para contribuir com um diagnóstico precoce e um prognóstico efetivo. Estratégias preventivas podem ser eficazes quando direcionadas a pacientes com risco de DAC.

PALAVRAS-CHAVE: Mamografia; Calcificações mamárias; Doença Cardiovascular; Doença arterial coronariana; fatores de risco.

A IMPORTÂNCIA DA RADIOGRAFIA DE OMBRO APLICADA AO DIAGNÓSTICO DA TENDINITE CALCÁRIA DO OMBRO

SOUZA, Jeferson Santos de; ALMEIDA FILHO, Francisco Antonio de

 

RESUMO

A radiografia do ombro é um exame de diagnóstico por imagem que utiliza raios X. A tendinite calcária do ombro é uma reação inflamatória que acomete os tendões do ombro. Este trabalho tem como objetivo evidenciar a importância da radiografia de ombro no diagnóstico da tendinite calcária localizada na região do ombro.

PALAVRAS-CHAVE: Diagnóstico por imagem; Tendinite calcária; raios X; Radiografia de ombro.

A LUDICIDADE AUXILIANDO O APRENDIZADO DA TÉCNICA DE MAMOGRAFIA (UMA EXPERIÊNCIA PESSOAL)

LOPES, Aimar Aparecida

 

RESUMO

A realização do exame de mamografia exige conhecimento teórico, mas também um excelente domínio da técnica. O profissional deve também demonstrar destreza, precisão e delicadeza nos movimentos. Assim, o ensino da técnica de mamografia torna-se pouco eficaz quando se usa somente a didática expositora. O uso de jogos e artefatos simples pode auxiliar e incrementar o trabalho em sala de aula.

PALAVRAS-CHAVES: Ludicidade; Docência Lúdica; Jogos Didáticos.

AVALIAÇÃO DA COVID-19 NA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

SANTOS, Robelia Brito de Almeida; SOBRINHO, Michele da Silva; LOPES, Aimar Aparecida 

 

RESUMO

COVID-19, uma doença infecciosa que pode ocasionar doenças respiratórias, gastrointestinais, hepáticas e neurológicas. Até o momento que foi escrito este artigo, no Brasil, há 4.147.794 casos, sendo 3.355.564 recuperados. O objetivo deste artigo é descrever a importância da avaliação pulmonar pela tomografia computadorizada, enfatizando as principais características na imagem e sua associação com o estágio da doença. Para atingir o objetivo foi realizada uma revisão de literatura médica através de estudos de artigos científicos. Os artigos foram pesquisados em bibliotecas eletrônicas e bases de dados. São diversos os achados de COVID-19 na tomografia computadorizada de tórax, entre os mais comuns estão a opacidade de vidro fosco podendo evoluir para uma pavimentação em mosaico. Normalmente, a lesão é bilateral e periférica. Após a realização deste artigo concluiu-se que o exame de tomografia computadorizada (TC) de tórax consegue demonstrar diversas alterações ocasionadas pela COVID-19. Apesar da TC não ser recomendada para rastreio da doença, é possível verificar a extensão da lesão a nível pulmonar e acompanhar a evolução da doença.

PALAVRAS-CHAVES: COVID-19; Tomografia Computadorizada; Coronavírus.

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DA RADIAÇÃO IONIZANTE E DIAGNÓSTICOS POR IMAGEM EM UMA DETERMINADA POPULAÇÃO DA CIDADE DE ARACAJU – SE

LIMA, Vitória Carolina Spósito de; SILVA, Thaiane Santos 

 

RESUMO

Os diagnósticos por imagem são de tamanha importância para prevenção e tratamento de patologias, contribuindo cada vez mais para a medicina, emitindo ou não radiação ionizante. Entretanto, devido aos acidentes históricos, a população associa a radiação a malefícios para o organismo. Diante disso, o presente artigo tem como objetivo obter dados e avaliar o conhecimento da radiação ionizante e diagnóstico por imagem de uma determinada população da cidade de Aracaju, situada no Estado de Sergipe. A metodologia utilizada para essa avaliação foi uma abordagem por meio de questionário, com análise descritiva e apresentada em forma de gráficos e tabelas com números absolutos e percentuais. A amostra foi constituída de 106 indivíduos jovens, na faixa etária de 15 a 20 anos. Os resultados obtidos foram inesperados no que diz respeito ao conhecimento dos tipos de diagnósticos por imagem e utilização da radiação ionizante na realização dos exames. Conclui-se, portanto, que se torna necessária a apresentação dos conteúdos sobre os tipos de exames e seus protocolos, e, juntamente com a colaboração dos pacientes, vários fatores podem ser agregados.

PALAVRAS-CHAVE: Conhecimento; Radiação ionizante; Diagnóstico por imagem.

DOENÇA DE PAGET ÓSSEA

ABREU, Andressa de Jesus Souza; LOPES, Aimar Aparecida. 

 

RESUMO

A doença de Paget óssea, também conhecida como osteíte deformante, é uma condição patológica osteometabólica localizada e crônica, sendo descrita por uma remodelação óssea que se inicia tipicamente com uma reabsorção excessiva do tecido ósseo, seguido por um aumento desordenado e estruturalmente fraco. A doença de Paget tem uma incidência maior em alguns países e raramente ocorre em pessoas com menos de 40 anos. O diagnóstico pode ser obtido através de exames laboratoriais e achados radiográficos. O tratamento consiste em terapia medicamentosa e em casos incomuns é necessária a realização de procedimentos cirúrgicos. A doença de Paget, geralmente não é uma patologia grave ou com potencial alto de morte, e a maioria dos pacientes afetados apresentam sintomas considerados leves e que são suprimidos pelo tratamento medicamentoso.

PALAVRAS-CHAVE: Doença de Paget; Osteíte Deformante; Tecido Ósseo; Diagnóstico.

DOENÇA DO CORONAVÍRUS (COVID-19): IMPACTO PSICOLÓGICO NA POPULAÇÃO EM GERAL E NOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE ATUANTES NO DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

 

MONTEIRO, Marinez Samora; LOPES, Aimar Aparecida 

 

RESUMO

Com a pandemia por COVID-19 no final de janeiro de 2020 se espalhando rapidamente por vários países, as autoridades recomendaram hábitos de higienização mais severos e distanciamento social em uma tentativa de diminuir a contaminação de pessoa para pessoa. Com o isolamento, a população em geral obteve um aumento, ou até mesmo, desenvolveram problemas psicológicos, sendo a ansiedade o principal, preocupações com as incertezas do futuro, com a saúde, o emprego, os estudos e com o bem-estar de parentes. Os profissionais da saúde que estão na linha de frente encontram-se sobrecarregados e preocupados porque existe a possibilidade de contaminarem algum ente querido, e também, preocupados com a falta de insumos nas instituições para o combate ao coronavírus. Para ter uma pequena noção dos impactos psicológicos que a pandemia causou, foi realizado de forma online, um questionário para melhor compreensão da situação. Os resultados são apresentados neste trabalho.

PALAVRAS-CHAVE: Pandemia; Isolamento; Coronavírus; Impactos psicológicos.

IMAGENS RESULTANTES DA SUBTRAÇÃO MAMOGRÁFICA POR DUPLA ENERGIA: REVISÃO DE LITERATURA 

BARROS, Oliveira Martins de; LASEVICIUS, Cristina de Araújo; SIMÃO, Ricardo Silva.

 

RESUMO

Para favorecer a detecção precoce do câncer de mama são fundamentais o rastreamento e o diagnóstico precoce. Porém, vários desafios são encontrados na realização de exames para detecção precoce de tumores, entre eles, resultados falsos positivos ou negativos, pouca disponibilidade de acesso, alto custo, entre outros. O exame de mamografia é padrão ouro nos programas de rastreamento em mulheres sintomáticas e, apesar de econômico, pode levar a diagnósticos imprecisos, principalmente em mamas densas. A fim de melhorar a acurácia no diagnóstico precoce, está em estudo a utilização de uma técnica complementar ao padrão ouro, que é a Subtração Mamográfica por Dupla Energia (SMDE). Este trabalho teve como objetivo realizar uma revisão de literatura sobre a técnica de SMDE, para a detecção de câncer de mama. Há técnicas inovadoras e promissoras, cujas experiências ainda estão no campo da simulação, utilizando simuladores para representarem a mama humana e o uso de agentes de contraste para melhor diferenciação dos tecidos, somados à aplicação da SMDE para detectar microcalcificações precocemente. Essas técnicas apontam para a necessidade de novos estudos para a supressão dos ruídos, propõem alterações nos equipamentos de raios X, calibração com o uso de simuladores líquidos e o uso de ferramentas baseadas em modelos analíticos, o que contribui para um diagnóstico mais precoce do câncer de mama.

PALAVRAS-CHAVE: Mamografia; Dupla Energia; Radiação Ionizante; Câncer de Mama.

IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO POR IMAGEM NA FRATURA DO RADIO DISTAL

SOUZA, Riley Ribeiro de ALMEIDA FILHO, Francisco Antonio de

 

RESUMO

As fraturas do antebraço são frequentes e, dentre estas, a mais comum é a da extremidade distal do radio, também conhecida como fratura de Colles ou de Smith’s, caracterizada pela perda da continuidade óssea, ou devido a quedas sobre as mãos. O autor abrange a importância e a eficácia da realização do Raios X, ressaltando que o bom posicionamento contribui para um diagnóstico por imagem de qualidade.

PALAVRAS-CHAVE: Fratura de Rádio; Raio-x; Fratura de Colles; Fratura Distal; Queda.

REAÇÕES ADVERSAS NO USO DE MEIOS DE CONTRASTE IODADOS EM EXAMES RADIOLÓGICOS

POMMERENING, Lucas; LOPES, Aimar Aparecida.

 

RESUMO

Os meios de contraste iodados, substâncias mais comumente utilizadas nos exames de diagnóstico por imagem, permitem a diferenciação de estruturas anatômicas com densidades semelhantes e por consequência, aspectos dos órgãos internos com opacidades similares. O uso imprudente destes medicamentos, pode proporcionar no organismo o surgimento de reações adversas, que são classificadas de acordo com o grau de severidade em leves, moderadas e graves. Este trabalho tem por objetivo descrever as reações adversas aos meios de contraste iodados em sua utilização nos exames radiológicos, suas propriedades físico-químicas e uma síntese das medidas preventivas.

PALAVRAS-CHAVE: Meio de contraste iodado; Reações adversas; Exames radiológicos.